Agenda Paris IV

Esta agenda está super oportuna neste momento por conta da estréia do filme de Woody Allen – Meia Noite em Paris, um apaixonado por Paris, como todos nós mortais.

Restaurantes
A palavra mágica em Paris: reserva!!! Sem este procedimento, fica difícil curtir os restaurantes na cidade luz. Nossa agenda recomenda cinco deles,  cada um com qualidades específicas e especiais. Os hotéis sugeridos estão na crista da onda, as exposições são as mais interessantes do momento. E para quem gosta de uma comprinha, confira esses três endereços no final da agenda. E boa viagem!

Caïus
6, rue d’ Armaillé
75017 – Paris
Tel: +33 1 42 27 19 20
www.caius-restaurant.fr

Este restaurante é ao mesmo tempo muito popular para almoços e jantares de negócios, mas também atrai moradores e comerciantes, tem uma freqüência bastante eclética. O novo proprietário, Jean-Marc Notelet, trouxe vigor renovado para a cozinha, que continua a ser tradicionalmente francesa. A recomendação do chefe é experimentar cepes grelhado, foie gras, dourado assado com endívias belgas e vegetais de raiz, e um confit de carne de boi com favas e vinagre envelhecido, com aipo batido no leite de amêndoa.

1d777-foto1-restauranteca25c325afus
Restaurante Caïus – Foto Yeda Saigh 

La Cuisine no Hotel Le Royal Monceau – Raffles Paris
37 Avenue Hoche
75008 – Paris
Tel:+33 1 42 99 88 00
http://www.raffles.com/EN_RA/Property/RMO/

Este hotel foi totalmente renovado por Philip Stark, nome famoso do design contemporâneo. A reforma diminuiu o número de quartos, podendo aumentar assim o conforto dos hóspedes. O restaurante do hotel “La Cuisine”, é super diferente, com uma decoração totalmente atual. O menu foi muito bem escolhido, um detalhe chama muito a atenção: nunca tinha visto ser oferecido ao cliente uma escolha de facas para cortar a carne, desde facas francesas até japonesas de marcas renomadas! Atrás das mesas tem um balcão enorme onde se pode ver as sobremesas sendo elaboradas sob a chefia do famoso Pierre Hermé que, aliás, é muito simpático: sua especialidade no dia que fomos era mil folhas com todos os recheios que você consiga imaginar, desde maracujá até doce de leite com manga!

916fe-foto2-balc25c325a3odorestaurantelacuisine
Balcão do Restaurante La Cuisine – No centro Pierre Hermé – Foto Yeda Saigh

Mini Palais
3, ave Winston Churchill
75008 – Paris
Tel: +33 1 42 56 42 42
http://www.minipalais.com/fr

O restaurante fica no interior do Grand Palais e sua entrada diante da majestosa Ponte Alexandre III. Nos dias mais quentes, procure reservar lugar na área externa, que por si só já vale a visita. A sala interna também é muito elegante. O chef Éric Frechon, chefe do Bristol (três estrelas no Michelin), é o responsável pelo cardápio do Mini Palais. É uma ótima pedida ir ver uma exposição lá e depois almoçar no Mini Palais. Atenção para o horário que é super conveniente: das 10h00 às 22h00.

bb782-foto3-restauranteminipalais
Restaurante Mini Palais – Foto Yeda Saigh 

La Fontaine Gaillon
1 rue Gaillon,
75002 – Paris
Tel: +33 1 42 65 87 04
www.la-fontaine-gaillon.com

Este restaurante, de propriedade de famoso ator Gérard Depardieu, situado perto da Ópera Garnier, dá para ir a pé, em uma mansão maravilhosa de 1672. O menu muda frequentemente e a cada dia você pode encontrar novos pratos, com produtos frescos do mercado. A carta de vinhos também é impressionante, com cerca de 150 vinhos da França e outros países como a Sicília e em Marrocos. Fica numa praça super simpática e no verão, não se esqueça de pedir a reserva fora, no terraço que é muito mais agradável.

cbfd5-foto425e225802593restaurantelafontainegaillon
Restaurante La Fontaine Gaillon – Foto Yeda Saigh 

Restaurante Museu d’Orsay
1, rue de la Legion d´Honneur
75007 – Paris
Tel: +33 1 45 49 47 03
http://www.musee-orsay.fr/en/espace-professionnels/professionals/tourism-professionals/restaurant.html

Criado em 1900, o restaurante do primeiro andar do Museu D’ Orsay é maravilhoso, com decoração perfeitamente preservada. O menu é bem leve para almoço, uma excelente escolha para uma pausa na sua visita em alguma exposição no Quai d’Orsay.

9a170-foto525e225802593restaurantemuseud2527orsay
Restaurante Museu d’Orsay – Foto Yeda Saigh 

Canal Saint-Martin – 10º arrondissement

Construído por Napoleão em 1802, para levar água limpa para a região central de Paris, o Canal St. Martin também serviu de cenário para pintores impressionistas como Alfred Sisley. Em 1936, Edith Piaf gravou uma música que celebrava o lugar e, dois anos depois, Marcel Carné filmava ali “Hôtel du Nord”, onde hoje há um ótimo restaurante, que mantém o mesmo nome. Na literatura, foi cenário de livros de autores como Georges Simenon. O bairro é celeiro de jovens estilistas e também reduto de alguns dos melhores restaurantes que integram o movimento chamado bistronomique, como Astier e Le Chateaubriand. O Canal St-Martin é um resumo de Paris: reúne história, cultura, moda e boa gastronomia, só que com preços mais camaradas. Além disso, passear pelo Canal St-Martin é um ótimo programa. A boulangerie Du Pain et des Idées já ganhou várias vezes o prêmio de melhor croissant de Paris é uma padaria totalmente artesanal de Christophe Vasseur, e fica ao lado do canal. É o novo bairro branché de Paris, e lojas de marcas conhecidas como a A.P.C a cultura “biô”, de alimentos orgânicos, e a rede de supermercados Naturalia já estão se instalando lá.

8fa51-foto6-canalst-martin
Canal St. Martin – Foto Yeda Saigh 

La Défense
O bairro de La Défense a oeste de Paris é relativamente novo e é impressionante o que cresceu! Nem parece que se está em Paris! Arranha-céus imensos, moderníssimos, parece Shangai, Nova York ou Chicago. La Défense concentra a sede de grandes empresas européias e o centro financeiro da cidade, em uma área de arquitetura super contemporânea. Os edifícios se misturam a uma grande praça e ao enorme jardim e funcionam como elo de ligação entre as cerca de 60 obras de arte espalhadas pela esplanada central e a linha de arranha céus.

O grande Arco do Triunfo do bairro de La Défense, de 1989, a chamada Grande Arche, é um projeto do arquiteto dinamarquês Johann Otto von Spreckelsen. Trata-se de um enorme cubo oco coberto de mármore branco, aberto no centro, simbolizando uma janela aberta para o mundo. La Grande Arche completa a vista do eixo histórico de Paris, que começa a 10 km dali, na pirâmide do Louvre, passa pelo Obelisco da praça Concorde, pelo Arco do Triunfo dos Champs Elysées até seu ponto final no La Défense. O centro de convenção CNIT em La Défense é hoje muito procurado para Congressos e Convenções. Participei do Congresso de Psicanálise de Língua Francesa nesse Centro de Convenções e foi maravilhoso! super confortável, com muitas lojas, cabeleireiros e restaurantes, um luxo.

9d733-foto425e225802593lade25cc2581fense25e225802593lepouce
Le Pouce – La Défense – Foto Yeda Saigh 

CNIT – Centre des Nouvelles Initiatives et des Tendances
2, place de La Défense
92053 – Paris
Tel: +33 1 40 68 22 22

Hotéis

Hotel de Buci
22, rue de Buci
75006 – Paris
Tel: +33 1 55 42 74 74
www.buci-hotel.com

Recomendado pela Danuza Leão, esse hotel fica a poucos passos do Jardim de Luxemburgo, do Museu d’Orsay e do Louvre, no coração do Quartier Latin, com cerca de 20 quartos, um novo estilo de hotelaria que atende tanto business quanto turistas. O Hôtel de Buci faz parte da rede Luxe Worldwide Hotels.

La Belle Juliette
92, rue du Cherche Midi
75006 – Paris
Tel: +33 1 42 22 97 40
www.hotel-belle-juliette-paris.com

No coração de Saint Germain des Prés, em meio ao mundo da moda e das mais luxuosas boutiques, livrarias e galerias de arte. Um hotel quatro estrelas, em ambiente elegante, com spa, restaurante e bar. A decoração é bem contemporânea francesa, gosto excêntrico onde as formas redondas e o vermelho e roxo predominam!

Park Hyatt Paris Vendôme
5 Rue de la Paix
75002 – Paris
Tel: +33 1 58 71 12 34
paris.vendome.hyatt.com

Desde que o hotel abriu em 2002, o Park Hyatt Paris-Vendôme, no coração de Paris, na famosa Rue de la Paix, tem uma fachada belíssima, que era a antiga casa de alta costura Paquin. Além de um spa completo e moderno, do restaurante Pur que recebeu a primeira estrela Michelin e de 40 extraordinárias suítes projetadas por Ed Tuttle.

Foto 8 - Hotel Park Hyatt Paris
Hotel Park Hyatt Paris – Foto Internet

Hotel Costes
239, rue Saint Honoré
75001 – Paris
Tel: + 33 1 42 44 50 00
www.hotelcostes.com/

Em local super tranqüilo, com estilo contemporâneo e ultra moderno é um hotel boutique com 43 quartos. A decoração é muito bonita e é freqüentado por celebridades.

Relais Christine
3, rue Christine
75006 – Paris
Tel: +33 1 40 51 60 80
www.relais-christine.com

No coração de Saint Germain de Prés, é um hotel que foi construído sobre as ruínas da Abadia de Grands–Augustins, fundada em 1231. É um hotel boutique, com pouco mais de 50 apartamentos, de um luxo discreto e um ar intimista. O jardim cheio de flores é maravilhoso; um lugar super agradável para um descanso depois de uma tarde agitada em Paris.

39d89-foto8-hotelrelaischristine
Hotel Relais Christine – Foto Yeda Saigh 

Exposições

Monumenta 2011 – Anish Kapoor
Grand Palais
1, Avenue Géneral Eisenhower
75008 – Paris
www.monumenta.com

Todos os anos acontece no Grand Palais uma exposição chamada Monumenta, onde um só artista contemporâneo é convidado para utilizar todo o espaço da nave do museu. Kiefer, Serra e Boltanski já passaram por ali com sucesso. Este ano Anish Kapoor invade todo o espaço com uma obra única, monocromática onde o expectador é convidado a entrar e viver uma experiência sensorial (calor, pressão, opressão para alguns). Impressionante. Nāo perca! Até dia 23 de junho. De quinta a domingo até meia noite.

1479f-foto9-exposi25c325a725c325a3oanishkapoor
Exposição Anish Kapoor – Foto Yeda Saigh 

Manet
Musée d’Orsay
1, rue de la Légion d’Honneur
75007 – Paris
Tel: +33 1 40 49 48 14
www.musee-orsay.fr/

Édouard Manet (1832-1883) é objeto de uma retrospectiva no Museu do Quai d’Orsay, em Paris, prolongada até 17 de julho, com mais de duzentas obras que pretendem resgatar a situação histórica do pintor francês. Sob o título de “Manet, Inventor da Modernidade”, a exposição pretende ser mais do que uma retrospectiva monográfica, segundo o Museu do Quai d’Orsay, reunindo por isso trabalhos célebres do pintor mas também telas menos conhecidas, desenhos, gravuras e obras de contemporâneos. A exposição está linda!!! se for a Paris não perca!!

Museu Louvre
75001 Paris
Tel: +33 1 40 20 50 50
louvre.fr

Fizemos um tour no Louvre com um guia super especializado, indicado por Ana Cecilia Kesselring. Ele propôs vários percursos de diferentes períodos e escolas, e escolhemos o de Leonardo da Vinci e François 1er. Existem cerca de 15 telas creditadas a ele no mundo,  sendo que seis estão no Louvre. O guia nos mostrou uma a uma e contou histórias incríveis sobre toda as obras. Depois vimos “As bodas de Canaã” de Veronese, de tirar o fôlego! Para se ter uma idéia não dava para chegar perto dessas obras, assim como nem da Mona Lisa conseguimos nos aproximar. Por fim dois afrescos de Tintoretto com histórias interessantes sobre todos eles. Vale muito a pena.

7cfc9-foto1025e225802593museudolouvre
Museu do Louvre – Bodas de Canaã – Foto Yeda Saigh

Musée Bourdelle
18, rue Antoine Bourdelle
75015 – Paris
Tel: +33 1 49 54 73 73
www.bourdelle.paris.fr

Este museu é nos jardins e ateliers onde Antoine Bourdelle (1861-1929) viveu e trabalhou, e possui uma excepcional coleção de bronze, gesso e esculturas em mármore. Bourdelle aprendeu com Rodin, e orientou Giacometti, Richier e Vieira da Silva. O atelier dele é maravilhoso, as esculturas que estão no jardim são imensas e lindas! A extensão do museu que Christian de Portzamparc construiu em 1992 conseguiu mostrar a amplitude do trabalho deste grande escultor. Este ano, por estar em reforma, o Museu Galliera inaugurou uma exposição, a primeira retrospectiva já dedicada a Madame Grès (1903-1993), no Museu Bourdelle. A exposição está uma beleza, de extremo bom gosto: ver os lindos vestidos drapeados de Mme. Grès no meio das esculturas de Bourdelle, realmente é imperdível!!! Mestre da alta-costura, Madame Grès nunca se cansou de repetir durante toda sua vida: “Eu queria ser escultora. Para mim, é a mesma coisa trabalhar o tecido ou a pedra.” Exposição prolongada até 28 de agosto de 2011.

Foto 12 - Exposição Mme. Grès
Exposição Mme. Grès – Foto Yeda Saigh 

Lojas

Pleats Please
201, boulevard Saint-Germain
75007 – Paris
Tel: +33 1 45 48 10 44
www.isseymiyake.co.jp/en/pleatsplease/ 
É a linha mais simples do Issey Miyake: roupas muito divertidas e simpáticas por preços accessíveis.

Catherine Andre Mode Unit
19, rue Cherche Midi
75006 – Paris
Tel: +33 1 42 84 08 99
Vestidos e blusas de malha de muito bom gosto e bom preço.

Alain Figaret
2, place de La Défense, 92800 Paris
Tel: +33 1 40 90 95 13
www.alain-figaret.fr
Especialista em camisas sob medida para ambos os sexos, em todo tipo de tecido. Tem também acessórios.

Colaboradora: Virginia Figliolini Schreuders

7 comentários em “Agenda Paris IV

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s