Londres
Houses of Parliament
Há algumas semanas, uma amiga me perguntou onde no meu blog ela poderia achar informações sobre Londres. Me dei conta que preciso urgentemente visitar novamente aquela cidade maravilhosa! Minha sugestão foi que ela própria tomasse nota das novidades e escrevesse um relato. Segue abaixo seu diário:
 “Ficamos sem ir a Londres desde 2003. Um verdadeiro absurdo, porque há muito tempo batemos ponto anualmente em Paris por motivos afetivos e profissionais, e não sei por que demoramos tanto a tomar a decisão de dar uma passadinha em Londres na ida ou na volta de Paris. De fato, quando pensamos em Londres pesa o fato de ser uma cidade grande demais, muito cara e de certa maneira, difícil de passear, além da mão inglesa exigir atenção e o acento britânico ser, mesmo para nós que somos fluentes em inglês, um desafio aos ouvidos! Desta vez decidimos – nem que seja apenas para un petit goût de Londres, como dizem os franceses. Então, estadia de 4 dias, curta, mas estimulante.
Uma boa dica é chegar a Londres via Amsterdam pela KLM. Aterrissa-se no London City Airport, pequeno, funcional e perto do centro, evitando a balburdia de Heathrow com suas longas filas de controle de imigração. No City Airport você desce caminhando na pista, lembrando os velhos tempos do aeroporto Santos Dumont. Um parêntese: KLM é bem legal, serviço super correto, os comfort seats da econômica são aceitáveis, o clima dos comissários é muito agradável e simpático. A passadinha no aeroporto de Amsterdam dá até para fazer umas comprinhas de especiarias holandesas – aquele biscoito wafer com caramelo típico stroopwafels e chocolate droste a preço de banana.
Um lembrete importante ao chegar: não esquecer de comprar o Time Out para se informar de tudo o que se passa em Londres.
O hotel selecionado em virtude da localização (com apenas 4 dias teria que ser perto de algum centrinho, certo?) foi o Radisson Edwardian Hamphshire em Leicester Square (pronuncia-se Lester Square, eles comem um monte de letras!!!). Cotado como 5 estrelas, esperávamos mais do quarto standard. Roupa de cama boa, roupões impecáveis, mas o quarto pequeno e a iluminação deixando a desejar. O atendimento é excelente, todos são corteses e discretos como manda o figurino inglês. Fazem todas as reservas de restaurantes que você pedir.
Chegamos por volta das quatro horas da tarde e já havíamos reservado um restaurante para jantar pela internet, depois de minuciosa pesquisa via Zagat. Temos utilizado o sistema de booking open table que funciona perfeitamente.
A idéia era explorar uma gastronomia diferente da francesa e que não seja comum no Rio de Janeiro. Então, porque não começar pelos hindi ou paquis?? Uau, dá-lhe coragem para sentir pimenta na língua. Os chineses também estavam na nossa pauta.

Fomos ao Trishna na Blandford Street número 15 em W1U 3DG tel: +44 0207 935 56 24. A experiência foi interessante, recomendável, mas vale um alerta de solicitação de MENOS PIMENTA, ou seja, mild!!!! O ambiente é uma delicia, velas, rapazes e moças servindo as mesas com simpatia. Segundo o Zagat, o Thrishna está entre os 5 melhores indianos.

Restaurante Trishna

Hunan é um chinês considerado um dos 5 melhores restaurantes de Londres segundo o Zagat. As reservas só podem ser feitas por telefone (+44 20 77305712) 51 Pimlico Road.

Restaurante Hunan
 

3 comentários em “Um gostinho de Londres

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s