Bilbao e San Sebastian

Bilbao e San Sebastian 

Uma ótima ideia para uma viagem curta de um feriado é ir conhecer um pouco dos países bascos, Bilbao e San Sebastian. Bilbao ficou muito mais conhecida, nos roteiros turísticos de arte internacional, desde a inauguração do Museu Guggenheim Bilbao em 1997.

11def-foto225e225802593museuguggenheim
Museu Guggenheim – Foto Yeda Saigh
Bilbao é um município e cidade da comunidade autônoma do País Basco, capital da província e território histórico da Biscaia. Desde a sua fundação no início de século XIV, foi um centro comercial importante na região costeira cantábrica.

No século XIX ganhou o apelido de “Cidade do ferro” pelo grande desenvolvimento e industrialização metalúrgica. Nos últimos anos se tornou uma cidade turística, cujo símbolo é o Museu Guggenheim Bilbao, um edifício vanguardista da autoria de Frank Gehry.

67562-foto6e28093guggenheim
Museu Guggenheim – Foto Yeda Saigh

Bilbao é uma cidade muito bonita, limpíssima, não se vê uma sujeira no chão, a fiação é toda embutida, e estava inteira florida!! Tinha estado lá há dez anos e foi impressionante ver a transformação pela qual Bilbao passou.

É muito gostoso andar a pé pela cidade, perto do rio e ir apreciando os novos edifícios, cada um de um arquiteto famoso. Não deixe de ir conhecer as pontes, são incríveis! Fomos assistir a ópera Nabucco: era a estréia da temporada de Ópera, no teatro do Palácio Euskalduna, pessoas elegantes e a ópera muito bonita.

41ec0-img-20120517-01902
Bilbao à noite – Foto Yeda Saigh

Em 2010 Bilbao recebeu o prêmio Lee Kuan Yew World City Prize (Prêmio Mundial das Cidades), concedido pelo estado de Singapura, que premia a qualidade do urbanismo. Nessa região basca entre Bilbao e San Sebastian, se encontra a maior concentração de restaurantes 3 Estrelas Michelin, fato bastante raro.O restaurante El Bulli de Ferran Adrià foi um dos pioneiros na Catalunha. Ele fechou o restaurante em julho de 2011 e vai abrir El Bulli Foundation no verão de 2014, se tudo der certo. A fundação será um polo futurista para se pensar a gastronomia futura com liberdade e ficará no mesmo lugar do restaurante, na costa catalã. Projeto arrojado de formas orgânicas do arquiteto Enric Ruiz-Geli da Cloud-9.

f360b-foto4e28093maquetefundaccca7acc83oelbulli
Maquete da El Bulli Foundation – Foto Yeda Saigh
Lugares importantes para visitar:
Palácio Euskalduna

Projeto de autoria dos arquitetos Federico Soriano e Dolores Palacios é usado para a realização de todo o tipo de congressos, bem como para atividades musicais. Junto ao palácio há várias obras de arte urbana, como o famoso “bosque”, constituído por candeeiros em forma de árvores colocados em grupos, que formam uma espécie de bosque.

Foto 5 - Palácio Euskalduna
Palácio Euskalduna – Foto Yeda Saigh
Teatro Arriaga

Edifício neobarroco do final do século XIX, autoria do arquiteto Joaquín de Rucoba. O nome homenageia o compositor bilbaíno Juan Crisóstomo de Arriaga (1806—1826). Foi inaugurado com o nome atual em novembro de 1890.

49cb7-0001
Teatro Arriaga – Foto Internet

Museu Guggenheim Bilbao

Só o museu já vale uma visita a Bilbao! Desenhado pelo atelier de arquitetura de Frank Gehry e aberto ao público em 1997, é realmente maravilhoso!

O mais interessante é ver a construção moderníssima do museu no meio da cidade antiga: o contraste é incrível! É um museu de arte contemporânea que pertence à Fundação Solomon R. Guggenheim: expõe o acervo que pertence à Fundação Guggenheim e também exposições itinerantes.

A estrutura principal é esculpida e apresenta contornos quase orgânicos. Parte do edifício é atravessada por uma ponte elevada e o exterior é coberto por placas de titânio e por uma pedra calcária igual à que foi usada para construir a Universidade de Deusto.

67562-foto6e28093guggenheim
Museu Guggenheim– Foto Yeda Saigh
e86f2-foto6ae28093universidadededeusto
Universidade de Deusto – vista de um dos prédios – Foto Yeda Saigh
Não deixe de ver o cachorro de flores na frente do museu, Puppy, obra do artista Jeff Koons, é maravilhoso!!
f2d78-foto7-puppy
Escultura do Cachorro de Flores – Puppy – Foto Internet
Museu Belas Artes

É um belo edifício e possui um acervo muito rico. Tivemos a sorte de ver a exposição “A Maleta Mexicana” – o redescobrimento dos negativos da Guerra Civil Espanhola por Capa, Chimek e Taro. A exposição está muito bem montada e é impressionante!

A história da incrível recuperação de 4.500 negativos de famosos fotógrafos de guerra, Robert Capa, Gerda Taro e David Seymour, tirados durante a Guerra Civil Espanhola. Suas imagens realistas da linha de frente espelhavam a bruta realidade da Guerra Civil. Considerados perdidos durante o conflito, os lendários negativos foram encontrados no México em 1995 e exibidos ao público em 2007.

bfaa6-foto8e28093museudebelasartes
Museu de Belas Artes – Foto Yeda Saigh
Casco Viejo
Bairro medieval de Bilbao, região murada da cidade até o final do século XIX. Não deixe de experimentar os deliciosos pintxos, comida típica basca. É o bairro mais alegre e colorido de Bilbao: lojas, bares, igrejas históricas (San Antón, Santos Juanes, a Catedral, San Nicolás), o Mercado de la Ribera, e o Teatro Arriaga.
Bilbao é uma cidade cortado pelo rio Nervión, motivo de tantas pontes. O interessante é notar a diversidade arquitetônica delas, já que são de períodos diferentes:

San Anton – conhecida como ponte velha, símbolo da cidade por ter sido a única a existir durante alguns séculos.

16dd2-foto9-pontesananton
Ponte San Anton – Foto Yeda Saigh
Zubizuri – de 1997, quer dizer ponte branca em euskera (idioma vasco), de Santiago Calatrava. Uma construção formada por arcos e sustentada por cabos de ferro, reflete a nova e moderna Bilbao. Criticada por causa da superfície de cristal que é a passarela de pedestres, altamente derrapante, o que não deixa de ser um problema numa cidade de clima chuvoso.
d24c4-foto10-pontezubizurie28093s-calatrava
Ponte Zubizuri – Foto Internet

Vizcaya ou Colgante – de 1893, desenhada por Alberto Palacio, com ajuda de Ferdinand Arnodin, engenheiro francês que patenteou a ideia de pontes suspensas em 1887. A ponte transporta pessoas e veículos em uma gôndola suspensa.

63f20-2006-055-bilbao-portugalete-05
Ponte Viscaya ou Colgante – Foto Internet
3243e-foto11ae28093maquetedapontecolgante
Maquete Ponte Colgante – Foto Yeda Saigh
La Salve – originalmente projetada por Juan Batanero em 1972, essa ponte ganhou há pouco tempo um arco vermelho, criação do artista francês Daniel Buren. Fica junto ao Museu Guggenheim.
e4535-foto12-pontelasalve
Ponte La Salve – Foto Internet
47830-foto13-ponteeuskalduna
Ponte Euskalduna – Foto Internet
Restaurantes em Bilbao
Victor Montes – Calle Cueva Altxerri, Tel: 944 15 70 67
Esse restaurante fica num dos lugares mais centrais de Bilbao, na Plaza Nueva, no tradicional bairro de Casco Viejo. Cheio de charme e personalidade, serve variados e deliciosos pintxos.
O que fizemos e recomendo, depois de almoçar no Victor Montes, foi subir a tradicional escadaria ao lado da praça do restaurante com uma vista de Bilbao de tirar o fôlego: para quem comeu muito pode-se subir também de elevador.
Curiosidade

Um pintxo, “espinho”, é o nome do petisco muito popular servido nos bares tradicionais no País Basco. A diferença entre pintxose tapas é que os pintxos são servidos espetados em um pedaço de pão e as tapas não.

bc5fb-foto14a-resvictormontes
Restaurante Victor Montes – Foto Yeda Saigh
b48a2-foto14be28093rest-victormontese28093pintxos
Restaurante Victor Montes – Pintxos – Foto Yeda Saigh
Tamarises – Muelle de Ereaga, 4, Getxo, Tel: 944 910 005

A 20kms de Bilbao o Restaurante Tamarises, muito simpático, em frente a praia de Getxo. Vista muito bonita, peixes ótimos, serviço bom, reserva necessária. Chegue cedo para assistir a um bonito por do sol.

427aa-foto15e28093restaurantetamarises
Restaurante Tamarises – Foto Yeda Saigh
Aizian – Plaza del Lehendakari Leizaola, 29 – Tel: 944 280 039 – Hotel Melià
considerado o melhor de Bilbao, com um dos chefes mais prestigiados da região, Jose Miguel Olazabalaga. Serve diversos tipos de pratos da cozinha basca. Tem uma vista muito bonita para o Parque Doña Casilda. É indispensável fazer reserva, nós que éramos hóspedes do hotel não conseguimos nem almoçar, nem jantar porque não tínhamos reserva.
Doma – restaurante do hotel Domine – Alameda Mazarredo 61

a cozinha é do chef Martin Berazategui, único cozinheiro espanhol com sete estrelas Michelin! Sua maior preocupação é a qualidade dos produtos, o menu depende do que ele encontra de melhor diariamente no mercado. O restaurante fica no último andar com uma vista maravilhosa do Museu Guggenheim. Reserva obrigatória.

dd9e5-foto18-hoteldomine-vistadoterrac25cc25a7o
Restaurante Doma – Foto Yeda Saigh
El Perro Chico – Calle Arechaga,2, tel: Telefone: +34(94)4150519
muito simpático, preferido por várias celebridades: Antonio Banderas, Jeremy Irons e Frank Gehry. Especialidade são os grelhados.
Porrue – Al Recalde, 4 – Tel: +34(94)4231313
com sua própria horta a comida era uma delícia. Um restaurante pequeno, perto do Guggenheim. Comida a base de peixes e carnes na brasa, cozinhados com grande originalidade. O chef Unai Campo vem a sua mesa e fala o menu do dia, o que é muito agradável. Não deixe de pedir um sorvete com frutas vermelhas de sobremesa, é divino!!
Uma coisa nos chamou a atenção: em todos os restaurantes que fomos grande parte dos clientes era chinesa, todos muito bem educados e as mulheres elegantíssimas.
Hotéis
Hotel Domine – Alameda de Mazarredo, 61, Bilbao, Tel: 0800-762-1295

cinco estrelas, um dos melhores hotéis de Bilbao, a vista é linda, bem em frente ao Museu Guggenheim. Uma arquitetura moderna, projeto de Javier Mariscal e Fernando Salas, reflete a arquitetura do museu. No átrio uma escultura fálica de 26 metros de altura, feita com pequenas pedras que ilumina todos os andares, também do escritório Mariscal.

ae0a4-foto16e28093hoteldomine
Hall do Hotel Domine – Foto Yeda Saigh
c984a-gran-hotel-domine
Escultura de Pedra – Hall do Hotel Domine – Foto Internet
Hotel Melià – Plaza del Lehendakari Leizaola, 29 – Tel: 902 14 44 40
cinco estrelas, é um hotel muito confortável, quartos bons, serviço ótimo, localização excelente no centro de lazer e cultura: walking distance do Centro de Convenções, do Museu Guggenheim e dos bons restaurantes.
San Sebastián (em basco, Donostia) é uma cidade ao norte do País Basco espanhol, capital da província de Guipúscoa,na costa sul da baía de Biscaia. Fica a 100 kms. de Bilbao, estrada ótima. Saímos a pé até o centro, cidade muito bonita, antiga, construções francesas, bem simpática, com muitas confeitarias boas e cinemas. Passamos pela praia da Conchae pelo bonito Castelo dos Reis. Ótimas compras na loja Adolfo Domingues.
Hotéis
Villa Soro – Avenida de Ategorrieta, 61, Tel: 943 29 79 70

uma linda vila restaurada do final do século XIX, hoje patrimônio histórico de San Sebastian: serviço ótimo, um pouco longe do centro.

675ae-san_sebastaian_luxury_hotel_spain_villa_soro_1321313099
Hotel Villa Soro – Foto Internet
Maria Cristina – Paseo de la República Argentina, 4, Tel: 943 43 76 00

o hotel mais emblemático da cidade, foi completamente renovado e tem mais de 100 anos de história. Arquitetura belle époque muito bonita com vista para o mar. É onde os reis espanhóis costumam se hospedar.

04577-foto13
Hotel Maria Cristina – Foto Internet
Restaurantes
Martin Berasategui – Loidi Kalea, 4 – Tel. (+34) 943 366 471

a 15 minutos de San Sebastian, um restaurante maravilhoso, serviço impecável, pedimos o menu degustação!! O chef Martin, três estrelas Michelin, simpaticíssimo, foi em todas as mesas conversar e perguntar se estava tudo em ordem. O restaurante fica no meio de um belo jardim.

b2a71-foto19e28093restaurantemartinberasategui
Chef Martin Berasategui – Foto Yeda Saigh
88539-foto20e28093restmartinberasategui
Menu Dégustation – Restaurante Martin Berasategui – Foto Internet
Arzak – Avenida del Alcalde José Elosegi, 273, Tel: 943 278 465

A chef Elena Arzak, do restaurante Arzak, foi eleita a melhor chef do mundo segundo o Veuve Clicquot World’s Best Female Chef. Os quesitos para o prêmio são: inovação, criatividade e determinação. O restaurante Arzak é o primeiro basco a receber três estrelas Micheline Elena, a quarta geração da família cuidando do restaurante fundado 1897.

Foto 27 - Restaurante Azrak
Restaurante Azrak – Foto Internet
Akelarre  – P Padre Orcolaga, 56 – Tel: 34 943 31 12 09
A cozinha de Pedro Subijana e sua equipe, três estrelas Michelin é feita com paixão. O chef recomenda o menu degustação para termos uma noção melhor de tudo que ele faz, e realmente vale a pena, é divino!! A localização do restaurante é especial com uma vista linda para o mar.
Mugaritz – Errenteria – Tel: 943 522 455 / 943 518 343
Em Errenteria, 20 minutos de San Sebastian. Com duas estrelas Michelinesse restaurante tem uma cozinha que se destaca pela inovação e uso de ervas e especiarias de extrema qualidade, fazendo com que seus pratos tenham um sabor super diferente e delicioso.
Lugares para visitar
Museu de San Telmo
Recém inaugurado: foi totalmente reformado e ganhou um novo anexo. Desde 1932, o museu ocupava o Convento dos Dominicanos do século XVI. A parte nova do museu, projeto dos arquitetos Nieto & Sobejano, ficou ao lado do convento, fazendo um conjunto muito harmonioso do antigo com o moderno. Não deixe de admirar a fachada coberta por plantas.
Catedral do Buen Pastor
Construída em 1897, estilo gótico é realmente lindíssima, atenção para a torre de 75 metros! Fica num terreno de 2000 metros.
Palácio de Miramar

Ou Palacio Real, estilo inglês, encomendado pela Casa Real espanhola, projeto do arquiteto inglês Wornum, situado em frente a baia da Concha, tem uma das melhores vistas da cidade.

016a0-foto22e28093palacc81ciomiramar
Palácio Miramar – Foto Yeda Saigh
f480a-foto23e28093praiadaconcha
Praia da Concha – Foto Internet
Curiosidade
As famílias Arzak, Berasateguie Adrià foram as que mais contribuíram para a renovação da cozinha espanhola, a ponto de hoje San Sebastian ter mais de um restaurante com três estrelas Michelin!
Hotel Marques de Riscal – C Torrea 1, Elciego, Álava, Tel: 945 60 60 00

Também arquitetura de Franklin Gehry, na cidade de Elciego, a 120 kms de Bilbao, tem um spa muito bom e um restaurante ótimo. As placas de aço da fachada do hotel foram tingidas na Alemanha para ficarem com a cor do vinho Marques de Riscal, exigência de Franklin Gehry. A proprietária é uma brasileira, Maria Luisa, simpaticíssima, casada com o Marques de Riscal.

f29c7-foto24e28093hotelmarquesderiscal
Hotel Marques de Riscal – Foto Internet
Curiosidade
A língua basca, de origem incerta, não deriva de nenhuma língua indo-européia. Tem status de língua oficial nas quatro províncias bascas da Espanha: Guipúscoa, Alava, Biscaia e Navarra. Nas três regiões bascas do sudoeste da França, oeste dos Pirineus: Lapurdi, Baixa Navarra e Sola, a língua basca não é reconhecida oficialmente.
Para terminar duas frases que parecem definir o homem e a língua dessa região:
“Um basco não é espanhol nem francês, é um basco.”
 Victor Hugo, escritor francês (1802-1885)
“A língua basca é o desespero dos eruditos e a mais misteriosa de todas as línguas conhecidas”.
Aldous Huxley, escritor inglês (1894-1963)
Boa viagem!
Colaboradora: Virginia Figliolini Schreuders

5 comentários em “Bilbao e San Sebastian

  1. Parabéns Yeda !
    Ótimas considerações e orientações sobre essa maravilha de viagem…
    Fiquei com vontade de fazê-la em 3 dias, retornando por Paris em mais 2…
    Não conseguimos tempo maior. Você acha que dá ?
    Beijos !
    Marcio

    Curtir

  2. Yeda bom dia !

    Suas anotações foram de grande valia para quem , e deve conhecer as cidades bascas de grande relevancia historica e contemporânea .

    Abraços

    Aparecida Vicentin

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s