Sakura, Cerejeiras no Japão

Essa semana vamos falar sobre o Japão e sua famosa época das cerejeiras. Minha querida amiga Ruth Inamura foi para lá e nos conta um pouco sobre a cerimônia do “Sakura”.

Parque Kitamaru Koen em Chiyoda
Foto Ruth Inamura

A Cerejeira (SAKURA) é a flor símbolo do Japão. O povo japonês cultua e respeita como a própria Bandeira Japonesa. A florada é um acontecimento Nacional. Mais de 100 milhões de Japoneses e turistas aguardam o desabrochar da flor de cerejeira. Nesta época o Japão inteiro entra em festividades para apreciar a tão bela e fugaz flor que dura apenas alguns dias ( 15 a 20 dias). Hoje existem mais de 300 variedades de cerejeiras no Japão. O HANAMI (apreciação das flores), é uma celebração que começou no século VII com o Imperador Saga, promovendo esse espetáculo nos jardins do Palácio Imperial em Kyoto.

Parque Kitamaru Koen em Chiyoda
Foto Ruth Inamura

Realmente é maravilhoso e encantador presenciar esta explosão das flores do Sakura. Vale muito a pena visitar o Japão nesta época. O interessante é fazer o passeio acompanhando o desabrochar das cerejeiras: elas começam na ilha de Kiyushu ao sul: como a região é mais quente, começa a florescer mais cedo. Em seguida o interessante é ir para a ilha de Shikoku e depois seguir para a ilha de Honshu onde está Tokyo, cuja melhor época para ver as cerejeiras é de primeiro a dez de abril. Um fato chama a atenção nesse contato com as cerejeiras. A presença de vários jovens de terno sentadinhos em cima de um retângulo de plástico turquesa! São estagiários dos escritórios encarregados de madrugar nos parques para reservar o disputado espaço para seus chefes almoçarem em baixo das cerejeiras!

Parque Kitamaru Koen em Chiyoda
Foto Ruth Inamura

Há um costume japonês, chamado “hanami”, que quer dizer contemplar as flores: ir aos parques e contemplar as flores, especialmente a flor de cerejeira, na época de seu florescimento. Alguns executivos chegam a dar de presente para seus colegas a melhor localização sob as árvores para admirar as flores durante o almoço, a cerimônia do “hanami”, ou até para um disputado “hanami noturno”.

Nos finais de semana, a celebração da primavera continua entre as famílias e amigos, para aproveitarem um dia de festa sob as cerejeiras.

Durante a semana de celebração do “sakura”, os parques são decorados com pequenas lanterninhas, que iluminam as árvores para que a festa possa continuar mesmo durante a noite.

Parque Kitamaru Koen em Chiyoda
Foto Ruth Inamura

O comércio todo também se prepara para o “sakura”, a maioria com produtos temáticos de todo tipo e decorações sempre com a cor rosa, a mesma cor das flores das cerejeiras.

A floração destas árvores está entre os grandes atrativos turísticos do Japão.

Originária da Ásia, na cultura japonesa, chamada de sakura 桜 (identificando tanto a cerejeira quanto a flor de cerejeira), a cerejeira era associada ao samurai cuja vida era tão efêmera quanto a da flor que se desprendia da árvore.

A flor da cerejeira já foi considerada uma das flores mais belas, tanto pelo seu formato como pela delicadeza e espessura das suas pétalas.

Tsukuba perto da Universidade na província de Ibaragui
Foto Ruth Inamura
Fazer a rota da cerejeiras no Japão é um programa imperdível!  Realmente é um espetáculo que vale a pena ver: são centenas de cerejeiras formando como que um único e enorme bouquet totalmente florido, fazendo parecer que a árvore não tem folhas, só flores!!
Foto Ruth Inamura

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s