Turismo religioso em Lourdes

c5f99-foto2b12b-lourdes2bjpg
Lourdes – Foto Yeda Saigh

O turismo religioso hoje está muito em voga. Desde Jerusalém até Fátima, Assis e por aí vai. Essa semana vamos falar de Lourdes. No sul da França, perto de Pamplona, na Espanha, a cidade atrai muitos e muitos turistas por conta de sua religiosidade e seus milagres. Ficou famosa em 1858, quando Bernadette Soubirous, uma menina de 14 anos, filha de um pobre moleiro chamado Francisco Soubirous e de Luísa Castèrot, no dia 11 de fevereiro disse ter visto uma aparição de Nossa Senhora na  gruta Massabielle, o que significa, “pedra velha”. A imagem que aparecia para ela lhe disse se chamar Imaculada Conceição.

 

f241c-foto2b22b-2bgruta
Gruta – Foto Yeda Saigh
 De acordo com o pároco da cidade, padre Dominique, que bem a conhecia, era impossível que Bernadette soubesse ou pudesse ter o conhecimento do que significava o dogma da “Imaculada Conceição”, então recentemente promulgado pelo Papa Pio IX. Bernadette afirmou ter tido 18 visões da Virgem Maria no mesmo local, entre 11 de fevereiro e 16 de julho de 1858. Em 25 de fevereiro de 1858, na presença de uma multidão, por ocasião de uma das suas visões, ela começou a cavar naquele local obedecendo a Nossa Senhora até achar água, que jorra até hoje. Bernadette ficou conhecida no mundo todo pelos milagres que fez. Lourdes, rapidamente, tornou-se um dos mais importantes centros de peregrinação da cristandade. A gruta foi fechada na época, porque os devotos se tornaram incontroláveis: quem mandou reabrir foi Napoleão III, cujo filho estava com ameaça de meningite  e se recuperou tomando a água da fonte. João Paulo II visitou Lourdes três vezes e o Papa Bento XVI  esteve lá em 15 de setembro de 2008 para comemorar o 150º aniversário das aparições em 1858.
a3bac-foto2b32b-2blourdes
Lourdes – Foto Yeda Saigh
Visitá-la é uma experiência bem interessante que eu recomendo a todos. Encontramos três grupos de brasileiros do Nordeste no mesmo avião, que faziam um roteiro de turismo religioso pela Europa.
Como chegar e onde ficar
A melhor maneira de ir para Lourdes, de Paris, é de avião: Orly Oest pela Air France, avião pequeno, demora 1h10, paramos  no aeroporto de Tarves/Lourdes, à 15 minutos da cidade. Recomendo ficar dois dias e se hospedar no Grand Hotel Moderne, que pertence a família Soubirous. Obra do arquiteto Louis Majorelle, foi construído em 1896 pelo sobrinho de Bernadette e é uma jóia da arquitetura francesa do final do século 19. Hotel ícone da cidade, fica próximo da gruta e é superconfortável. Quando ir? Escolha os meses do outono europeu porque no verão e muito cheio de gente. http://www.grandhotelmoderne.com
O que fazer
Missa
Saímos a pé para assistir à missa na Basílica, que é muito bonita e lotada: foi construída em cima da pedra onde Bernadette viu a Imaculada Conceição, à pedidodela.
c305d-foto2b42b-2bmissa2bna2bbasi25cc2581lica
Missa na Basílica – Foto Yeda Saigh
Gruta
Depois fomos até a gruta, linda! Lá dentro você tem uma sensação de paz muito grande. É um silencio absoluto e muitas pessoas rezando, uma energia muito forte. Ao lado da gruta, há uma parede de pedra com várias torneiras para você pegar água santa. Na cidade, tem muitas lojinhas com lembranças de santa Bernadette e vidros dos mais variados tamanhos para você comprar e colocar a água.
d7a92-foto2b52b-2bgruta
Gruta – Foto Yeda Saigh

Procissão
A noite, todos os dias tem uma procissão às 21h. Compramos velas e participamos com muita emoção. São 2 mil pessoas cantando e rezando. No final da procissão, na frente da Basílica, ficam diversos padres e freiras que rezam o terço em todas as línguas, até em português! Em Lourdes, aliás, você perde a noção do tempo: esquece que dia é da semana. Todo dia tem esse clima de muita paz, reza e fé.


Procissão
Filme Yeda Saigh

Banho
Se você for a Lourdes, não perca o ponto alto da visita: o banho na água milagrosa. Do lado da gruta, existem cabines para você se preparar para o banho numa pequena raia de água corrente. Homens e mulheres separados. O banho começa às 8h30 da manha ou 12h30. Vá pontualmente porque é sempre cheio. Nós não conseguimos tomar de manhã e voltamos às 12h15. São 50 mulheres voluntárias de classe média alta que ajudam. Depois de esperar sentada em bancos, você vai para uma cabine onde cabem cinco mulheres. Com a ajuda das voluntárias, você tira toda a roupa e vai para a piscina. Lá duas senhoras seguram as suas mãos e falam para você fazer o seu pedido e uma oração. Então, você entra na água, uma raia de pedra de cerca de dois metros de comprimento, desce dois degraus, mergulha, caminha até o final da raia e volta. As ajudantes aguardam e ajudam você a sair da piscina.

Curiosidade – O mais incrível: você não precisa se enxugar, põe a roupa sem se secar, acredite se quiser!

5b233-foto2b72b-2bbanho
Banho – Foto Yeda Saigh

Passeios

Tudo isso já valeu a viagem! Mas você ainda pode fazer alguns passeios em Lourdes.

Maison Paternelle de Ste Bernadette – a casa onde ela viveu na sua infância, com fotos dela pequena, seus pais e irmãos. Tudo foi muito preservado pela família de Bernadette e hoje você é acolhido por Françoise Soubirous, sobrinha-neta da santa.

67e39-foto2b82b-2bcasa2bde2bbernadette
Casa de Bernadette – Foto Yeda Saigh

O museu Petit Lourdes

Festeja esse ano seu 61o. aniversário. É a cidade de Lourdes em miniatura no ano de 1858. O passeio leva você conhecer a vida que Santa Bernadette viveu naquele tempo. O artista levou 25 anos de sua vida para realizar esse lindo e incrível projeto.

65793-foto2b92b-2bcidade2bminiatura
Cidade Miniatura – Foto Yeda Saigh

Igreja subterrânea Pio X

O aumento de visitantes deu origem a construção de uma imensa catedral subterrânea, que é usada para as procissões e missas em dias de chuva. Considerada uma das maiores igrejas do mundo onde cabem mais de dez mil pessoas. Foi inaugurada pelo Cardeal Roncalli (futuro Papa João XXIII) pelo centenário das aparições em 25 de Março de 1958.

5a20c-foto2b102b-2bcatedral2bsubterra25cc2582nea
Catedral Subterrânea – Foto Yeda Saigh

Funicular Du Pic Du Jer

Pegue esse bondinho e vá ver a mais bonita vista de 360 graus de Lourdes e das montanhas dos Pirineus. O Pico é reconhecido a noite de longe por sua grande cruz iluminada e tem 1000 metros de altitude.

 

dcda3-foto2b112b-2bpic2bdu2bjer
Pic du Jer – Foto Yeda Saigh
Château –Fort de Lourdes

O castelo é anterior ao ano 778, no século XVII, tornou-se uma prisão real e, após a Revolução Francesa, uma prisão do Estado, função que manteve até ao início do século XX. Em 1921, as suas instalações passaram a abrigar o Musée Pyrénéen,  o maior e mais importante da região, que até hoje apresenta aos visitantes aspectos da arte e da vida cotidiana da região, desde a culinária local à indumentária. Encontra-se classificado como Monumento Histórico, pelo Ministério da Cultura Francês, desde 1933.

067be-foto2b122b-2bcha25cc2582teau2bfort
Château Fort – Foto Yeda Saigh
Mercado

Um passeio interessante é ir até o centro de Lourdes e visitar o mercado, super bonito: verduras e frutas da estação super apetitosas!

d22d8-foto2b132b-2bmercado2blourdes
Mercado – Foto Yeda Saigh

Para finalizar uma vista filmada do rio Gave em Lourdes!

Lourdes
Filme Yeda Saigh

Um comentário em “Turismo religioso em Lourdes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s