Estações de ski: Courmayeur, Megève, Chamonix

Estações de ski: Courmayeur, Megève, Chamonix

Como as férias estão chegando, essa semana vamos falar das estações de ski do Valle d’Aosta, na Itália, e da Haute-Savoie, na França. Courmayeur, Megève e Chamonix estão situadas nessa região tão famosa do Mont Blanc, nos Alpes, o monte mais alto da Europa, com 4.810 metros, e ficam a uma distância de uma hora de carro uma da outra. A melhor maneira de chegar a essas estações é por Genève (Suiça), mais ou menos 1h20 de estrada, ótima.

 

d5d91-foto2b12b-2bvista2bcourmayeur2bimg_2160
Vista de Courmayeur – Foto Yeda Saigh
Escolhemos ficar em Courmayeur, uma estação deliciosa, com uma grande vantagem, é perto de muitas outras estações: você pode ir de carro até Cervinia (1 hora) e descer esquiando até Zermacht!! Você pode ir passar o dia em Megève, Chamonix, Pillo, esquiar e voltar no final do dia para Courmayeur.
A caminho de Courmayeur, passa-se pela França e atravessa-se o impressionante túnel do Mont Blanc para a Itália. Três países em uma hora! O túnel foi construído em 1965, com 11,6km, liga Chamonix a Courmayeur e passa exatamente embaixo da Aiguille du Midi – o conhecido pico do Mont Blanc.
558e6-foto2b22b-2btunel2bmont2bblanc2bimg_2200
Túnel Mont Blanc – Foto Yeda Saigh
Curiosidade – Em 1949 foi assinada a convenção franco-italiana para a perfuração do túnel, que começou em 1957 e foi inaugurado por Charles De Gaulle, pela França, e por Giuseppe Saragat, pela Itália. As duas equipes de perfuração se encontraram no meio do túnel.

Courmayeur cidade medieval, repleta de ruelas estreitas, Courmayeur é simpática, charmosa e cheia de lojinhas, cafés e restaurantes para você passear depois do ski.

 

43851-foto2b32b-2bcourmayeur2bimg_1814
Courmayeur – Foto Yeda Saigh 
Onde ficar

Hotel Pavillon: em frente ao bondinho que te leva para as montanhas, é um hotel muito gostoso em Courmayeur para ficar com a família. Lembra o hotel Toriba, de Campos do Jordão, você se sente em casa! Pertence a família Tronchet há mais de 40 anos: hoje são os filhos, Ferruccio e Maximo, que se ocupam do hotel.

eb35f-foto2b42b-2bhotel2bpavillob
Hotel Pavillon – Foto Internet
Frequentamos o Pavillon há 30 anos e continua igualzinho, mas todo reformado! A comida é muito boa, a equipe da gerência é extremamente simpática e prestativa, tem piscina e spa ótimos. A localização é perfeita, a poucos metros de onde você aluga os esquis e da funevia, que te leva para as pistas.
http://www.pavillon.it

Grand Hotel Royal e Golf
o hotel mais antigo do Valle d’Aosta, desde 1854, ótimo lugar nos Alpes italianos para passar umas férias repousantes e tranquilas, graças também ao Centro de Bem-estar exclusivo, com piscina aquecida, sauna à lenha e fitness. Situado no centro da cidade com fácil acesso as pistas. Ao longo de sua vida centenária o hotel já hospedou personagens ilustres como a Rainha Margueritte que amava esquiar.

http://www.hotelroyalegolf.com

ec693-foto2b52b-2bhotel2broyal2be2bgolf
Grand Hotel Royal e Golfunel Mont Blanc – Foto Yeda Saigh
Grand Hotel Courmayeur Mont Blanc*****
Inaugurado em 18/12/2014, super moderno, muito chique e bonito!! apartamentos super bem decorados com vista para a montanha, o bar Equinox é muito agradável, restaurante La Fourchette e Spa Elysium ótimo!
Restaurantes nas pistas de esqui
Maison Vieille
Fácil de chegar, polenta divina!
La Chaumière
Logo no começo da pista de esqui, muito bom!
Grolla
Tem que esquiar um pouco melhor para ir até lá, mas vale a pena é o melhor risotto à Valdostana do mundo!!!
Fomos conhecer vários lugares perto de Courmayeur que eu recomendo para passear depois do ski:

Aosta: no século I a.C., o vale atraiu os romanos por sua localização estratégica, entre a Gália e a Germânia, e fundaram Augusta Pretória (atual Aosta). Na cidade, foi encontrada a maior quantidade de artefatos romanos depois de Roma e Pompeia, o que lhe rendeu o título de “Roma dos Alpes”. Não deixe de ver o Arco de Augusto, as Portas Romanas, as muralhas e o teatro romano, com capacidade de 4 mil espectadores!! É uma cidade bem agradável de se visitar, o centro antigo é só para pedestres com lojas ótimas, cafés e restaurantes super simpáticos, me lembrou Roma.

2b9ee-foto2b62b-2barco2bde2baugusto2baosta
Arco de Augusto – Foto Yeda Saigh

Com mais de cem castelos, a região tornou-se um ponto turístico muito visitado. Os principais castelos são: Castelo de Issogne, Fortaleza de Bard, Castelo de Verrès,  Castelo de Fénis, Fortaleza de Aymavilles e Castelo de Sarre, entre outros. Todos podem ser visitados.

abc36-foto2b72b-2bporta2bpraetoria
Portas Praetoria – Foto Yeda Saigh
Termas de Pré-Saint-Didier: a apenas quinze minutos de Courmayeur, um programa que eu recomendo muito. Quando fomos, estava -1ºC e nevava. Você toma banho nas piscinas com águas quentes sulfurosas que brotam do solo e a neve cai no seu rosto, é uma experiência única! o Cenário é emocionante: pode-se ver o Mont Blanc, enquanto está imerso numa das três piscinas quentes ao ar livre.
d6019-foto2b82b-2btermas2bde2bpre25cc25812bsan2bdidier
Termas de Pré-Saint-Didier – Foto Yeda Saigh
Hidromassagem e cascatas, sauna, banho turco, espaços para relaxar e passeios no jardim das essências são propostas ideais depois de um dia nas pistas de neve. Tem um restaurante e se você quiser pode almoçar lá
Um aviso: com a compra do skipass está incluída a entrada gratuita no Casino de La Vallée, perto das termas, para todas as pistas de esqui no Vale d’Aosta e vários museus.
Megève

Situada no coração dos Alpes, deve a sua importância turística à família Rothschild, que a partir de 1910 fizeram dela um local de férias e, assim, concorreram com a estação de Saint Moritz, na Suíça, que nesse período de entre duas guerras estava cheia de alemães. É uma cidade muito agradável, com boa estrutura hoteleira, bons restaurantes, cafés, ótimas lojas. Vale muito a pena passar uma tarde passeando e se divertindo em Megève!

 

eb15e-foto2b92b-2bladure25cc2581e2bmege25cc2580ve
Mégeve – Foto Yeda Saigh 
Foi em Megève que Noémie de Rothschild decidiu instalar-se, e construiu aquele que ainda hoje é o símbolo da estação, o Hotel Mont d’Arbois. Um chalé todo em madeira, com uma grande varanda, quartos confortáveis e uma linda lareira na sala de estar.
Inspirados nele, surgiram muitos outros chalés do tipo, como o que também mandou construir a princesa Angèle de Bourbon em 1927, e a partir daí consolidou-se o estilo de Megève e de todas as outras que se denominaram como estação de inverno de luxo.
http://www.mont-darbois.fr/hotels/chalet-mont-arbois/

 

e1373-foto2b102b-2bhotel2bmont2bd2527arboismg_2034
Hotel Mont D’Arbois – Foto Yeda Saigh
Chamonix
Chamonix-Mont Blanc fica na alta Savoia, hoje França, e é uma das mais importantes estâncias turísticas de inverno da Europa, tendo o imponente Monte Branco como moldura. No centro da cidade encontra-se a estátua de Horace-Bénédict de Saussure em companhia do guia de montanha Jacques Balmat que lhe aponta o cume do Monte Branco, onde o naturalista e geólogo suíço fazia experiências; pelas subidas que fez é considerado por muitos como o fundador do alpinismo.
Chamonix fazia parte da Casa de Saboia, integrada ao Reino da Sardenha. Mais tarde, durante o império de Napoleão, torna-se território francês. Chamonix tem boa escola de ski e pistas adequadas. Além de esquiar há muitas coisa para fazer na cidade; alternar o esqui com passeios de tirar o fôlego é uma garantia de ótimas férias!

Estação de esqui muito famosa por seus campeonatos mundiais, Chamonix oferece uma variedade de hotéis, restaurantes, cafés, lojas. Recomendo ir conhecer e passar algumas horas agradáveis lá.

9d8bd-foto2b112b-2bchamoniximg_1793
Chamonix – Foto Yeda Saigh
Hotel Boutique Le Morgane****
este hotel boutique combina a elegância de um quatro-estrelas à atmosfera esportiva de Chamonix. No centro da cidade, tem decoração contemporânea, serviço personalizado e só 56 quartos. Lá, aproveite o ótimo restaurante Le Bistrot e o spa.
 
Hotel Mont-Blanc****

totalmente renovado tem o prazer de recebê-lo em um ambiente elegante e confortável no coração de Chamonix. Com seu toque de modernidade mas com todo o respeito pela história do lugar, você irá mergulhar em uma atmosfera acolhedora, chique e centenária. Localizado em uma rua calma no centro da cidade, a renovação foi confiada ao famoso designer Sybille de Margerie.

cb4b4-foto2b122b-2bgrand2bhotel2bmont2bblanc
Grand Hotel Mont Blanc – Foto Yeda Saigh
858bc-foto2b132b-2bimg_1834
Vista – Foto Yeda Saigh 

Aproveitem essas deliciosas férias!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s