Viajem Suiça

Para uma viajante apaixonada como eu a abertura das fronteiras da Suíça para nós brasileiros foi o sinal para que nos apressássemos para comprar as passagens aéreas! Feito isso, o planejamento da viagem fluiu muito rapidamente.

Foto Yeda Saigh

A cia aérea que escolhemos foi a Swiss. O avião estava lotado, mas muito organizado com assentos vazios intercalados. Saímos às 18h10, direto para Zurich, 11h25, traslado para Genève 35 mns. 

Vista Saanen
Foto Yeda Saigh

A Suíça no verão parece um grande gramado florido! Tudo verde, passamos por várias plantações de feno, o que embeleza muito a paisagem nesta estação do ano, e o que faz parecer um enorme gramado. É impressionante como eles cortam e enrolam o feno, uma perfeição! São máquinas que fazem todo o processo, depois de colher até embrulhar os rolos e, em seguida, enrolam em um plástico com etiquetas numeradas.

Alugamos um carro no aeroporto e fomos para Saanen, onde minha amiga tem um apartamento num lindo chalé chamado Chalet Birdie.

Chalet Birdie
Foto Yeda Saigh

A Suiça se divide em três: francesa, capital Genève, alemã, capital Zurich, italiana, capital Lugano e Berna é a capital administrativa de todas.

A estrada é linda, paramos em Gruyère, um pequeno vilarejo medieval que fica na parte francesa da Suíça no Cantão Friburgo, com cerca de 1.608 habitantes. É muito conhecida pelo queijo Gruyère cidade dos queijos.

Chalet Birdie
Foto Yeda Saigh

Almoçamos uma quiche com salada, loja ao lado com mil coisas bem interessantes para comprar e um depósito de queijos lindo! A cidade é conhecida pelo queijo Gruyère, que é um dos queijos mais famosos do país e é, claro, fabricado lá.

La Maison du Gruyère: é a fábrica do queijo que tem o nome da cidade. O Gruyère é usado, junto com o Vacherin, para fazer fondue. Mas você também encontra o queijo em barras. Junto da fábrica também tem uma loja (que vende souvenirs e queijos, claro!) e um restaurante.

Delícias de Gruyères: além do queijo, eles fazem os famosos merengues (suspiros) e o creme double (parecido com o mascarpone). Em quase todos os restaurantes que fomos a sobremesa mais pedida é o merengue, delicioso!! Além disso, tem uma chocolateria bem no começo do calçadão medieval.

Castelo de Gruyères: o castelo, que foi construído no século 18, fica no alto de uma colina de onde é possível ver os alpes. Nele estão vitrais da idade média, a sala das armaduras, vários cômodos com pinturas e móveis que contam a história do lugar.

Chegamos em Saanen à tarde. A vista do chalé é muito bonita, na frente um campo de feno, um rio ao lado, um trem que passa silencioso e um acampamento, tudo isso na mais santa paz sem nenhum ruído! 

Acampamento e trilha

Acampamento e trilha
Foto Yeda Saigh

Tivemos a sorte de ter três noites de lua cheia, “grande lua” o que é um presente para os olhos!!!

Lua cheia “A Grande Lua”
Foto Yeda Saigh

Uma das vantagens desse hospedar em Saanen é a sua equidistância de no máximo duas horas de vários lugares interessantes para conhecer: você pode passar o dia e voltar. 

A primeira visita foi à Gstaad, vilarejo encantador com cerca de 2500 habitantes localizado a 1050 m acima do nível do mar, na parte germanófona do cantão Berna, muito conhecido por ser uma das mais famosas e exclusivas estações de esqui do mundo.

Antes de almoçar passeamos pela cidade, visitando várias lojas. Escolhemos o restaurante Hornfluh no alto da montanha, uma delícia! O restaurante é do hotel familiar com o mesmo nome, no meio da área de esqui e caminhadas, com uma fantástica vista do vale. Nas sextas-feiras servem fondue chinoise. A especialidade é a batata rösti, deliciosa!!

Berg Hotel
Foto Yeda Saigh

Depois fomos tomar café com bolo de limão muito bom no hotel des Alpes du Golf.

O máximo foi nadar na piscina pública! As primeiras piscinas foram abertas na Suíça há mais de duzentos anos. Com vista para a montanha, foi possível ver várias asas deltas voando, estava um dia lindo com sol forte. As piscinas públicas abrem sempre no mês de maio, contam com vestiário limpo e organizado, e ficam abertas até as 19.30 horas.

Passamos por um cofre escondido nas pedras onde os suíços guardavam dinheiro durante a guerra para esconder dos alemães e de Hitler.

Cofre
Foto Yeda Saigh

Saanen é uma cidadezinha muito simpática, tem 7000 habitantes. Fizemos uma caminhada numa trilha ao lado do chalé muito bonita. Nas redondezas da cidade têm vários passeios interessantes.

Visitamos um estábulo inacreditável; tem chuveiro e secador para os cavalos! O caminho é lindo, com placas com desenhos; você aperta um botão e toca músicas do Tirol e de sons de pássaros. Aos sábados tem uma feirinha na rua bem simpática, comemos uma raclette muito gostosa, e dá para fazer várias comprinhas. 

Visitamos também um viveiro lindo com plantas e apetrechos de jardim maravilhosos.

Viveiro
Yeda Saigh

Um fato muito me impressionou – parece que os suíços desse vilarejo não vão tomar vacina, são contra!!! Pelo menos, foi o que apurei na minha pequena pesquisa que fiz perguntando aleatoriamente para várias pessoas, sendo que a explicação foi a seguinte: “é que em Saanen há muitos poucos habitantes, a maioria vai trabalhar de bicicleta e não tem aglomeração”!

A ideia nessa região é visitar lagos. Fomos almoçar e tomar banho de lago no Lauenensee que é uma unidade composta por dois lagos perto de Lauenen no Cantão de Berna. É um ótimo programa, o restaurante que tem vestiário fica ao lado do lago, possibilitando você dar um mergulho e almoçar depois.

Lago Lauenensee
Foto Yeda Saigh

No dia seguinte fomos para Jungfraujoho, o lugar mais alto da Europa com altitude de 4158 m, é uma montanha dos Alpes Berneses, a Sul do cantão de Berna na zona do Oberland bernês, dominando o vale de Grindelwald. Faz parte dos cumes dos Alpes com mais de 4000 mts.

Levam quase 2 horas para chegar em Grunswilden onde tem um bondinho novo, inaugurado em dezembro de 2020 todo prateado. Proporciona uma vista linda das montanhas, e o percurso dura 15 minutos. Em seguida, pegamos um trenzinho e, em 40 minutos, chegamos em Jungfrau, conhecida como The Top of Europe!! 

Jungfraujoh
Foto Yeda Saigh

Chegamos e almoçamos antes de pegar o trem, vista deslumbrante!! Pegamos o trem das 15h15 e fizemos um tour que tem 9 paradas: uma galeria de gelo, é um corredor com paredes de gelo, muito frio, 2 graus e na saída é tudo neve!! Tiramos várias fotos, mais umas comprinhas, saboreamos um sorvete Lindt, o melhor que já tomei, paramos num bar muito simpático para tomar um café em Grunswilden. 

Na volta para o chalé visitamos a igreja de Saanen e fomos fazer um cooper lindo do lado do rio e floresta de pinheiros! 

Fomos de carro para Gstaad, ver as lojas que são lindas, o comércio de Gstaad é muito bom, tem todas as grifes famosas.

Lojas Gstaad
Foto Yeda Saigh

Outro passeio foi Arnesensee um lago lindo com restaurante, almoçamos lá, uma blau trout ótima, tomamos banho de lago, delicioso e gelado, cheio de gente, vão famílias inteiras passear. O Lago Arnensee é um lago localizado no Cantão de Berna.

Jantamos no restaurante Wildhorn, muito bom com música ao vivo em Lauenen, situado em um chalé pitoresco de madeira, é uma hospedaria familiar descontraída em Lauenen. 

Outro restaurante Arc en Ciel é ótimo, sopa Goulash muito boa, frequência ótima. 

Fomos para Vevey uma comuna e uma cidade da Suíça, localizada no Cantão de Vaud, visitar a Fundação do Chaplin, ator e cineasta inglês também conhecido como “Carlitos”, foi um verdadeiro ícone do cinema mudo.

Além dos papéis interpretados, que emocionaram e alegraram muitas pessoas, ele também é lembrado por suas memoráveis palavras ao falar sobre a vida.

Fundação Charles Chaplin
Foto Yeda Saigh

Assistimos um filme muito interessante sobre a vida dele. Depois andamos pelo parque, lindo cheio de árvores muito antigas, terminamos visitando a casa dele muito bonita! 

Fundação Charles Chaplin
Foto Yeda Saigh

De lá fomos na loja, ótima, e depois fomos almoçar no Grand Hotel du Lac, muito bonito, comida ótima! 

Fomos andar a pé na borda do lago, casas lindas, canteiros floridíssimos, fomos no Museu do brinquedo La Fontaine, muito interessante! Ele é daqui e faz esse ano 400 anos! Voltamos e paramos no Château Gruyère, vista linda! Lojinhas, passamos na cidadezinha de Château d’ Eux, e depois em Rougemont, onde tem uma igreja super bonita, e onde se casou o filho da Caroline de Mônaco.

Jantamos um fondue, delicioso, em um hotel, proprietário Bruno Kerner. 

Fomos de carro até Spiez, uma cidadezinha perto de Saanen, lago enorme lindo, estrada linda, almoçamos num restaurante em frente ao lago, depois fomos visitar o castelo da cidade, vista e flores deslumbrantes. 

Spiez
Foto Yeda Saigh

No dia seguinte fomos para Berna, capital da Suiça alemã, cidade lindinha!! Almoçamos num hotel Schweizerhof, super hotel, um dos melhores da cidade, depois demos uma volta na cidade antiga, relógios antigos, lojas boas.

Berna
Foto Yeda Saigh

Berna
Foto Yeda Saigh

Fomos conhecer o Golf Club Gstaad, lugar lindo, sede muito chique, muitas flores!

Clube de Golf
Foto Yeda Saigh

Escolhemos para almoçar o restaurante Sonnenhof, um dos melhores da região, em cima da montanha, vista linda, as mais lindas flores da Suiça, deslumbrantes, comida e frequência ótima! 

Restaurante Sohnenhof
Foto Yeda Saigh
Restaurante Sohnenhof
Foto Yeda Saigh

Assistimos a um concerto na igreja de órgão, organista James o’ Donnell, inglês.

Jantamos no hotel Olden em Gstaad, uma bisque de homard muito gostosa. 

Vistas da Suiça
Foto Yeda Saigh

Posso confirmar que a fama de organização da Suíça é verdadeira. Tudo é muito perfeito, ninguém buzina, não tem sujeira, os banheiros públicos são impecáveis.

Para terminar um pensamento do grande escritor e filósofo suíço Hermann Hesse:

“Ninguém pode ver nem compreender nos outros o que ele próprio não tiver vivido.”

Boa Viagem!!

Um comentário em “Viajem Suiça

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s