São Miguel dos Milagres

São Miguel dos Milagres
Foto – Yeda Saigh

Viajar na pandemia não é fácil!! Nós éramos felizes e não sabíamos!! Aconselho a chegar no aeroporto bem adiantado! Tivemos que fazer tudo sozinhos, muita fila, ninguém para explicar direito à respeito das malas que tivemos que etiquetar antes do check in nas máquinas, tentei fazer o check in de casa mas não consegui, nem a minha agente, Roberta Ferraz da Monarch que é ótima e super eficiente conseguiu.

Bem, depois de passar pelo transtorno de um embarque vamos aproveitar a viagem!

Almoçamos ao lado do aeroporto em um restaurante simpático bem típico, Casa do Sabor Nordestino.

Restaurante Casa do Sabor Nordestino
Foto Yeda Saigh

Maceió, capital de Alagoas, é uma cidade bem agradável e me surpreendeu positivamente. Lá era meu ponto de partida para Milagres, onde iria a uma festa de casamento e emendar umas curtas férias.
De carro, chega-se em uma hora e meia numa estrada de mão dupla. Plana, a paisagem se resume a plantação de cana, eucalipto e pasto com gado disperso. Tem pouco movimento na estrada, mas devido a sua largura e a falta de acostamento, um simples caminhão dá uma travada na velocidade.

São Miguel dos Milagres
Foto Yeda Saigh

O nome São Miguel dos Milagres suscita uma certa curiosidade. Reza a lenda que um pescador achou na rede que estava pescando quando puxou do mar uma estátua de madeira muito suja; enquanto lavava a estátua descobriu que era de São Miguel dos Arcanjos. Ele tinha uma ferida na perna que não sarava e enquanto lavava a estátua passou a mão na perna algumas vezes com a água que estava lavando e depois percebeu que a ferida foi fechando e sarou. Considerou isso um milagre porque já havia tentado de tudo com médicos inclusive e não passava. Daí o nome de São Miguel dos Milagres, devido a história desse pescador contada pela população local.

Pescadores
Foto Yeda Saigh

Nos hospedamos no Parú Boutique Hotel, lugar privilegiado em frente a praia, com 12 suítes. O paisagismo é muito bonito, o restaurante muito bom, uma sala de ginástica pequena, cantinho de massagem e um serviço correto. A praia não é muito bonita, areia cinza muita pedra, mas a cor do mar é linda, um verde forte. Chama-se Praia do Marceneiro.

Parú Boutique Hotel
Foto Yeda Saigh

De uns tempos para cá, Milagres foi eleito o “lugar” para festas de casamento descoladas. Só na semana do feriado teve 4 casamentos. Os hotéis estão ocupados nos fins de semana por todo o ano de 2022. Só tem agenda para casamentos em 2023!! Tudo isso parece ser um dos efeitos da pandemia, o adiamento das festas, acumulando para esse final de ano e se estendendo ao longo do ano que vem. 

Casamento em Milagres
Foto Yeda Saigh

Contratei um guia e fui visitar as praias e os melhores hotéis de São Miguel dos Milagres.

A primeira foi a Praia do Patacho com vários bons hotéis:

Pousada Pedras de Patacho

À beira mar, este hotel é perfeito para quem valoriza a natureza e a tranquilidade. O Hotel tem cinco tipos de acomodações, incluindo bangalôs com vista para o mar. Além disso, também tem uma gastronomia muito boa e oferece várias atividades esportivas, tais como passeios de barco e stand up.

Pousada Pedras do Patacho
Foto Yeda Saigh

Pousada Reserva do Patacho

Localizada à beira mar na Praia do Patacho, uma praia deserta, tem área de preservação ambiental (APA) – Costa dos Corais e Santuário do Peixe-Boi marinho. A Praia do Patacho faz parte de Porto de Pedras, vizinho a São Miguel dos Milagres e próximo a Maragogi todos no litoral norte alagoano.

Hotel Reserva do Patacho
Foto Yeda Saigh

Santuário do Peixe Boi – Porto de Pedras

No caminho para visitar os hotéis parei nesse Santuário, único no mundo! Em jangadas levadas à remo, o passeio leva ao leito do Rio Tatuamunha, para o Santuário do Peixe-Boi, onde o animal encontra na comunidade ribeirinha e nos técnicos do ICMBio e da APA Costa dos Corais acolhimento e proteção.

O peixe-boi impressiona pelo tamanho, mas é um animal dócil. Os guias, ex-pescadores que hoje trabalham com esse turismo de observação, explicam ao longo de toda a experiência a história do lugar, a operação do passeio e o cuidado com os animais. Todo o caminho é de uma beleza incrível, com vegetação nativa, vários pássaros da região e uma calmaria que agrada a todos.

Curiosidades

Fundada em julho de 2009, a Associação Comunitária do Peixe-Boi já cuidou e mapeou mais de cem animais e trabalha a educação ambiental nas escolas da região, trazendo estudantes e professores para conhecer o animal e o manguezal, além de atender turistas de todo o Brasil e de vários lugares do exterior, principalmente Holanda, França e Suíça.

Santuário do Peixe Boi
Foto Internet

Pousada Samba Pati

A Pousada Samba Pati tem 11 bangalôs e um studio na Praia do Patacho, praia deserta, piscinas naturais na maré baixa. A pousada é cheia de coqueiros. Depois de uma caminhada ou um banho de mar aproveite os petiscos no bar de praia da pousada, tem uma caipifruta ou cerveja bem gelada bem gostosas.

Pousada Samba Pati
Foto Yeda Saigh

Quadrado do Charme, da mesma dona do Hotel Parú. Localizada no Quadrado histórico e perto das praias. A Pousada está sempre impecável, tem uma renovação todo ano, restaurante muito simpático, sala de visitas. O estacionamento é a 10 mns. a pé da Pousada, já que é interditado o tráfego de veículos no Quadrado de Milagres.

Pousada Quadrado do Charme
Foto Internet

Pousada Aldeia Beiju Pirá

Concebida segundo a filosofia indígena, onde menos é mais, a Aldeia foi construída para integrar-se de forma harmoniosa com a natureza em meio a um jardim de 50mil m² e 110 metros frente mar. Os bangalôs chamados de Malocas são caiados de branco com portas e janelas pintadas delicadamente de um tranquilo azul alfazema. Na área comum, além de um exuberante jardim, há duas piscinas para que os hóspedes se refresquem, curtam o sol apreciando nossas famosas caipiroscas de frutas tropicais e aperitivos.

Não deixe de ir no restaurante porque vale a pena!!

Pousada Aldeia Beiju Pirá
Foto Internet

Infinito Mar Argentino

Localizada na Praia de Marceneiro, com vista para o mar. A Pousada  tem ambiente aconchegante e sofisticado com uma arquitetura é rústica. A mobília foi criada pelos donos da Pousada e construída por artesãos da região.

Pousada Infinito Mar Argentino
Foto Internet

Pousada Vila Canziani e Donato

Localizada na praia do Patacho, a pousada foi um projeto dos proprietários.

Feita com muito conforto e com a simplicidade dos materiais da época do Brasil Colonial.

Pousada de Vila Canziani e Donato
Fotos: Yeda Saigh
 

Pousada Haya

Pé na areia, conforto e tranquilidade, tem preservação local e uma ótima gastronomia. Todos enfeites foram feitos a mão, dentro da Pousada. Os bangalôs estão a uma pequena distância do mar, e a vista é relaxante!

Pousada Haya
Foto Internet

Pousada Naim

Piscina, bar e jardim feitos para relaxamento. Os bangalôs tem varanda, ar-condicionado, TV e o café da manhã é servido no apartamento.

Pousada Naim
Fotos Internet

Pousada do Toque

A Pousada do Toque está situada em uma praia praticamente deserta. Natureza, conforto e gastronomia são pontos fortes da pousada.

Foto 17 -Pousada do Toque
Foto Yeda Saigh
 

Visitei também a Capela Milagres que é muito bonitinha!

Capela  São José dos Milagres
Foto Yeda Saigh

Restaurantes

Sur

dentro do hotel Quadrado do Charme, muito bom, o chef ganhou o Master Class.

Restaurante Sur
Yeda Saigh
 

Patrícia bistrô

O local é super charmoso! Como bom restaurante praiano serve vasta diversidade de peixes e frutos do mar. Eles trabalham com reservas e nem sempre servem almoço e jantar, melhor consultar.

Foto 20 -Patricia Bistro
Fotos Internet

No Quintal

Cozinha brasileira, localizado no quintal de uma casa perto da praia do Toque. Utilizam ingredientes da própria horta.

Restaurante No Quintal
Fotos: Internet

Marta Medeiros

No final da minha tour de hotéis fui conhecer o espaço e a loja da Marta Medeiros que é vizinha do Hotel Parú. É um espaço muito bonito que ela aluga para casamentos, em frente a praia com uma vista linda! Aluga também a casa para férias ou finais de semana, cabem 15 pessoas.

Casas para alugar

Foto Yeda Saigh

Marta é uma mulher incrível, sua história se mistura com a de muitas mulheres rendeiras do Nordeste do nosso país. 

Ela ajuda várias comunidades ao longo do Rio São Francisco, faz um trabalho muito bonito com todas essas pessoas mais carentes, ensinando fazer a renda de bilro, dando uma profissão e um trabalho para essas mulheres mães de família sobreviverem e terem uma vida mais digna. Ela me contou que iria fazer em novembro uma viagem de 11 dias subindo o Rio S Francisco e visitando todos esses pequenos artesanatos ao longo do rio. Já tinha listado mais de 50 para visitar! Nessa loja que fomos não tinha renda, ela fez essa coleção que está lindíssima, se inspirando em corais e nas cores das praias de Milagres. Segundo ela, é a maior barreira de corais do Brasil! São maillots, biquínis e saídas de banho, um mais bonito que o outro e algumas peças de mesa e banho, jogos americanos e  guardanapos bordados. Toda essa coleção é vendida só pela Internet e não tem nenhuma peça que custe mais que R$980,00, segundo ela. 

Loja da Marta Medeiros
Fotos Yeda Saigh
 

Para terminar um pensamento do escritor alagoano Graciliano Ramos:

“Comovo-me em excesso, por natureza e por ofício. Acho medonho alguém viver sem paixões.”

Boa Viagem

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s