Gênova

Gênova é a capital da Ligúria com uma bela e riquíssima história. É a quinta maior cidade da Itália e cresceu ao redor da sua zona portuária, que era considerada a porta da Itália. Desde o século XI até hoje, continua sendo um dos portos mais importantes do país.

Foto 1 - Vista Gênova - IMG_1549
Vista de Gênova
Foto Yeda Saigh

 

É uma das cidades mais velhas da Europa, fundada há mais de 2.500 anos. Situada ao norte, bem na curva da bota, voltada para o Mar Mediterrâneo. Devido à sua posição estratégica, sempre foi o epicentro da vida política e cultural dos países do Mediterrâneo. E justamente para defender essa posição geográfica, foi fortemente dotada de muralhas, torres, fortes e castelos.

Foto 2 - Centro Gênova
Centro Gênova todo enfeitado comemorando a chegada da Primavera
Foto Yeda Saigh

O seu Centro Histórico, um dos mais antigos da Itália, é um labirinto cheio de “vicoli” (ruazinhas apertadas). Algumas são bem estreitas, com menos de dois metros de largura. Passeando por estas ruas pode-se encontrar obras de artes, pequenas lojas, mercearias, padarias, restaurantes, e muito divertido!

Como muitas cidades da Itália, Gênova é um museu a céu aberto!

Foto 3 - Centro Histórico - Gênova
Centro Histórico
Foto Yeda Saigh

Há uma grande chance de se perder em qualquer um destes becos, mas também é muito fácil se achar, basta descer até o porto e reencontrar o caminho certo!

Fizemos uma tour com uma guia credenciada da cidade de Gênova, Paola Sirombo[1], recomendação de uma amiga minha ótima! Andamos a pé pela cidade inteira, começamos pelo porto.

Il Porto Antico di Genova

Em 1988, a cidade de Gênova confiou à Renzo Piano, o já famoso arquiteto genovês, a tarefa de reestruturar o Porto Velho , tendo em vista as celebrações colombianas (Expo 92 Gênova), celebrando o 500º aniversário da descoberta da América por Cristóvão Colombo, cidadão genovês. Fez parte do novo projeto o Aquário de Gênova e o Bigo, o elevador panorâmico.

Foto 4 - Porto Gênova-IMG_1279
Porto Gênova
Foto Yeda Saigh

A reforma tornou a área do antigo porto numa região habitável e turística, com iniciativas culturais, espaço para eventos e congressos, bares, cafés, entre outras atrações para animar o turismo nacional e internacional. Nesta região você poderá observar uma maravilhosa vista da cidade, que foi se formando sobre as montanhas, uma construção sobre a outra, como um paredão com vista ao mar.

Acquario di Genova, o segundo maior da Europa, repleto de diferentes tipos de peixes e vida marítima, incluindo tubarões e pinguins, entre outros.

Elevador Panorâmico

Chamado localmente de Bigo, constitui num guindaste gigante que levanta as pessoas até uma altura de 40 metros, oferecendo uma vista panorâmica e privilegiada desta belíssima cidade. O Bigo faz um giro de 360º permitindo que todas as pessoas que estiverem dentro dele possam apreciar a vista da mesma forma. Um guia acompanha e explica a história da cidade, como também as características das principais obras e estruturas presentes na área.

Foto 5 - Elevador panoramico Bigo em Genova
Elevador Panorâmico
Foto Internet

Biosfera

É um globo de vidro que possui internamente uma pequena floresta equatorial, com um clima muito ameno, onde vivem 150 espécies de animais e vegetais exóticos.

Foto 6 - Biosfera -Gênova-2012
Biosfera
Foto Internet

Galata Museo Del Mare

É o maior museu marítimo do Mediterrâneo, com mais de 10.000 mts para exposições. São mais de 500 anos de história reunidos num mesmo lugar, com 17 amplos salões onde você encontrará reconstruções de portos e estaleiros, materiais de multimídia interativos e uma exposição muito rica de instrumentos náuticos, atlas, mapas, armas e pinturas.

 Galeone Neptune

Este belíssimo barco está ancorado em Gênova desde o ano de 2001. Ele foi construído em 1986 especialmente para o filme Piratas, de Roman Polanski.

Foto 7 - Galeomne NeptuneIMG_1278
Galeone Neptune
Foto Yeda Saigh

Na praça em frente ao porto está o

Palazzo San Giorgio

Construído em 1257, é um dos mais conhecidos e importantes da cidade, foi sede da prefeitura e atualmente é sede da Autoridade Portuária. Pode ser visitado. A fachada é toda em estilo renascentista. Atualmente exibe mostras contemporâneas e eventos culturais.

Foto 8 - Palazzo san GiorgioJPG
Palazzo San Giorgio
Foto Yeda Saigh

Depois subimos uma das ladeiras que leva ao Centro Histórico até a

 Catedral di San Lorenzo di Genova, de 1098, abriga em seu interior as cinzas de São João Batista (o padroeiro de Gênova). Um marco na cidade, a construção é totalmente listrada em preto e branco, inclusive no interior. É deslumbrante! Erguida entre o início do século XII e o final do século XIV, tem elementos arquitetônicos que vão do românico ao gótico francês, passando pelo barroco. A igreja também se destaca pelos vitrais e pelo acervo de seu museu de arte sacra. Entre as relíquias, estão uma bandeja que se acredita ter sido usada pelos apóstolos de Cristo e outra em que a cabeça de São João Batista teria sido entregue à Salomé.

Foto 9 - Catedral di San LorenzoMG_1338
Catedral di San Lorenzo
Foto Yeda Saigh

Perto da Catedral de San Lorenzo está outra igreja que merece ser visitada:

Igreja  Del Gesù, barroca,  na Piazza Matteotti, onde está uma das entradas do

Palazzio Ducale, antiga casa dos governantes da cidade, atualmente um importante centro cultural.

Foto 10 - Palazzo Ducale
Palazzo Ducale
Foto Yeda Saigh

 Nossa guia Paola nos contou que o primeiro Banco, a  primeira Bolsa de Valores e o primeiro Trompe l’ oeil (ilusão de ótica) do mundo são de Gênova e todos do ano 1500!!

Continuamos nossa tour e fomos até a

Piazza de Ferrari

É nesta praça que se encontrava o centro comercial da Gênova renascentista. Cercada por imponentes construções, a praça dá a real dimensão da importância econômica da cidade. O destaque é o Teatro Carlo Felice, ou Teatro da Ópera, com uma estátua de Giusepe Garibaldi na frente e uma elegante galeria de lojas nos fundos.

Foto 11 - Piazza di Ferrari
Piazza Ferrari
Foto Yeda Saigh

Continuando nosso percurso fomos até a

Via XX Settembre

ou Via Vente, onde você pode tirar algumas horas para ver vitrines e fazer algumas compras, inclusive em lojas de souvenirs.

Para fazer compras em boutiques de luxo e lojas de estilistas vá à Via Roma.

Via Garibaldi

endereço de 14 palácios de grande valor histórico e artístico, construídos pelos grandes comerciantes da região durante o século XVI. Atualmente se converteram em bancos, museus e centros culturais, sendo que  três deles são os maiores e mais importantes palácios da cidade: Palazzo Rosso,

Foto 12 - Palazzo Rosso Via Garibaldi
Palazzo Rosso
Foto Yeda Saigh

Palazzo Bianco, que junto ao Palazzo Doria Tursi, sede da prefeitura, constituem os Museus da Estrada Nova (I Musei di Strada Nuova).

Foto 13 - Palazzo Doria Tursi 2
Palazzo Doria Tursi
Foto Yeda Saigh

São maravilhosas construções do século XI, com uma arquitetura belíssima.

Em 2006 a Via Garibaldi foi incluída na Lista de Patrimônio da Humanidade da UNESCO, junto ao conjunto dos Palazzi dei Rolli, um complexo de belíssimas mansões genovesas que entre os séculos XVI e XVII ofereciam hospedagem às ilustres personagens que passavam pela cidade.

Foto 14 - Palazzo Cambiazzo
Palazzo  Cambiato
Foto Yeda Saigh

Mais de cem moradias pertenciam à República de Gênova, destinadas para tal finalidade. Essas residências eram classificadas em uma lista, chamada “Rolli degli Alloggiamenti Pubblici” (Ról das Habitações Públicas), que era atualizada periodicamente.

Foto 15 - Palazzo Domenico Grillo
Palazzo Domenico Grillo
Foto Yeda Saigh

Além disso, essas mansões eram divididas em três categorias com base no valor arquitetônico e no nível de suntuosidade. Cada uma equivalia a determinadas categorias de hóspede: o primeiro nível era para cardeais, príncipes e vice-reis; o segundo grau servia senhores feudais e governantes e a terceira classe para lordes e embaixadores.

 Casa de Cristóvão Colombo

Uma das principais curiosidades de Gênova é que foi lá onde nasceu e cresceu o famoso navegador e explorador Cristóvão Colombo. Embora esta teoria vem sendo discutida por alguns historiadores no decorrer dos anos, a casa de Cristóvão Colombo existe e fica ao lado da Porta Soprana que era a entrada para o Leste da Cidade.

Foto 16 - Casa de Cristóvão Colombo
Casa Cristóvão Colombo
Foto Yeda Saigh

 Esta Porta é guarnecida por duas torres arredondadas, de pedra, construídas na segunda metade do século XII. Existente até hoje, ela assinala os limites entre o Centro Histórico e a cidade moderna. Tomamos um café ao lado muito gostoso com um doce genovês.

Foto 17 - Porta Soprana
Porta Soprana
Foto Yeda Saigh

 Curiosidade

O jeans foi inventado em Gênova! Antigamente era costume dar aos tecidos o nome dos seus lugares de produção. Jeane (Gênova) era o nome escrito em muitos sacos de fustão de cor azul que, desde o século XVI, partiam de Gênova e iam para Londres. Então a origem do nome “Blue Jeans” surge da distorção que o idioma inglês fez, ao longo do tempo, ao nome de “Bleu de Gênes” (Azul de Gênova), nome com o qual era identificado o tipo de lona azul utilizada para cobrir mercadorias e em navios à vela. Como era um tecido muito resistente passou a ser utilizada na confecção das roupas usadas pelos marinheiros.

Prestem atenção no período que escolherem para ir à Gênova, em de agosto tudo fecha por causa das férias de verão.

Fomos no teatro Carlos Felice assistir a uma orquestra muito boa com um pianista maravilhoso!! Beethoven sinfonia 3 e a Pastoral!

O teatro é enorme e bem interessante!

Foto 18 - Teatro Carlo Felice
Teatro Carlo Felice
Foto Yeda Saigh

Andamos no funicular Zecca-Righi, uma linha urbana com um elevador funicular da cidade de Gênova que liga o Largo Zecca às alturas do Monte Righi , vale a pena subir para apreciar a vista lá de cima.

Foto 19 - Funicular Zecca-Righi -
Funicular Zecca-Righi
Foto Yeda Saigh

Fomos à uma exposição chamada Van Gogh Alive – The Experience, é uma experiência multisensorial com uma exibição de mais de 3 mil imagens de alta definição sincronizadas com uma poderosa trilha sonora que o envolverá completamente nas cores e detalhes que caracterizam o estilo de Van Gogh. Após os sucessos obtidos na Austrália, Estados Unidos, Rússia e depois de ter entusiasmado o público em Roma, Florença, Bolonha e Verona, a grande exposição multimídia V a Gogh Alive – The Experience chega a Gênova, no Módulo 1 de Magazzini Del Cotone, dedicado ao famoso pintor holandês que, com seu estilo único e inconfundível, lançou as bases da arte moderna.

Foto 20 - Exposição Van Gogh Alive – The Experience - IMG_1299
Exposição Van Gogh Alive – The Experience
Foto Yeda Saigh

Ficamos no

Hotel NH Collection****, muito bom. Localizado na renovada área do antigo porto de Gênova. Projetado pelo arquiteto Renzo Piano, este exclusivo e distinto edifício moderno fica perto do das atrações do porto e do terminal de cruzeiros, a uma curta caminhada do centro histórico da cidade.

Endereço: Molo Ponte Calvi, 5 16124 Tel.: +39 010 25391

https://www.nh-hotels.com/hotel/nh-collection-genova-marina?gmb=new

Passeio fora de Gênova

 Cinque Terre

Fizemos a pé, bem cansativo mas valeu a pena! As vistas são maravilhosas! As trilhas são bem íngremes e estava lotado inclusive de crianças. São as famosas vilas italianas encravadas nas montanhas ligúrias. Durante séculos, os moradores construíram suas casas sobre a colina adaptando-se ao terreno acidentado, extraindo o melhor da natureza sem danificá-la. O resultado foi um conjunto de casinhas coloridas emendadas, arquitetura preservada até hoje em todos os cinco vilarejos – Monterrosso, Vermazza, Riomaggione, Corniglia e Mararola – que fazem parte da Riviera Ligure. Para conhecer cada vila, os visitantes podem fazer a rota a pé, de trem ou barco.

Foto 21 - Cinque Terre
Cinque Terre
Foto Sandra Toledo leite

 Gastronomia

uma das receitas mais tradicionais da Itália: o molho pesto, à base de azeite, manjericão, queijo e pinoli. A cidade também é conhecida como a capital da Focaccia col Formaggio (um tipo de pão típico recheado com queijo) e da Pansotti in Salsa di Noci (massa tradicional de Gênova. Fomos jantar no

 Eataly

é um lugar super agradável de se ir, tem um grande supermercado com produtos selecionados e diferenciados da culinária italiana com diversos ambientes. Você pode escolher a massa que quer comer e vê-la sendo feita na sua frente na hora, comi um nhoque divino que eu vi a moça fazer! Você pode comer também no balcão ou escolher uma mesa.

O nome Eataly vem da fusão de duas palavras: EAT, que é comer em inglês, e ITÁLIA, Itália. Eataly é realmente a comida italiana, com produtos artesanais da excelente cozinha mediterrânea, da cultura e da história alimentar da Itália. Tem um Eataly em São Paulo na Av. Juscelino Kubitschek que é muito bom.

EndereçoMillo Porto Antico, Calata Cattaneo, 15, 16126 Genova GE, Itália

Telefone+39 010 869 8721

https://www.eataly.net/it_it/negozi/genova

Foto 22 - Restaurante Eataly - Gênova
Eataly
Foto Yeda Saigh

 Il Marin, Ristoro del Porto Antico

restaurante gourmet do Eataly Genova, completamente dedicado ao mar. É super sofisticado, o chef traz na mesa numa bandeja os peixes crús para você escolher! O protagonista da cozinha é, sem dúvida, o peixe: todos os dias, nas mesas do Il Marin você pode saborear pratos criativos e originais, feitos com respeito pelo mar e para realçar o seu sabor.

O restaurante possui uma janela envidraçada exclusiva com uma vista panorâmica do mar assinada por Renzo Piano e permite aos hóspedes comer enquanto desfruta de um esplêndido olhar para o Porto Antico, o Bigo e toda a bela parte do golfo genovês.

EndereçoCalata Cattaneo, 15, 16128 Genova GE, Itália

Telefone+39 010 869 8722

https://www.eataly.net/it_it/negozi/genova/archivio-genova/ristorante-gourmet-genova-il-marin/

Foto 23 - Ristorante Il Marin
Ristorante Il Marin
Foto Yeda Saigh

Para terminar um pensamento de um dos mais importantes escritores italianos do século XX…. Italo Calvino:
Chegando a qualquer nova cidade o viajante reencontra o seu passado que já não sabia que tinha: a estranheza do que já não somos ou já não possuímos espera-nos ao caminho nos lugares estranhos e não possuídos.”

Italo Calvino , Invisible Cities

Boa Viagem!

Colaboradora: Ana Saboia

[1] Paola Sirombo – 39 349 5103234/ 39 010 3730555 e-mail: sirombopaola@gmail.com

3 comentários em “Gênova

  1. Olá Yeda !!!

    Adorei esse resumo muito bem feito da cidade de Gênova.!

    Estive em Gênova mas só de passagem .

    Quero voltar.

    Bjs !! saudades!!

    Drª Miriam Niro

    Curtir

  2. Boa tarde Yeda : o amigo Luiz me enviou seu artigo completo sobre a viagem á Genova e Liguria.
    Eu sou de Genova mesmo (Albaro/Boccadasse , aquele ‘porticciolo’ pittoresco dentro da cidade..) e gostei muito , bem centrado nas imagens do centro da cidade e bons comentarios.
    Parabens pelo trabalho!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s