BELO HORIZONTE

Belo Horizonte

Minas Gerais é a terra de gente importante no nosso país! Na política gerou Tiradentes e na literatura, entre outros, Otto Lara Resende, famoso por suas frases em relação aos mineiros. Belo Horizonte – a capital surpreende por seu acervo cultural público como o Conjunto Arquitetônico da Pampulha, o Museu de Artes e Ofícios, o Museu de Ciências Naturais da PUC Minas, o Circuito Cultural Praça da Liberdade, e oMercado Central. É também nacionalmente conhecida como a “capital nacional dos botecos”, por existirem mais bares per capita do que em qualquer outra grande cidade do Brasil.

Para os que estão se dirigindo à Inhotim vale a pena visitar também Belo Horizonte. Fomos na volta e, em apenas um dia, aproveitamos para visitarmos os principais pontos turísticos da cidade.

Foto 1 - Escultura Ceschiatti
Museu de Arte – Pampulha
Foto Yeda Saigh

Museu de Artes e Ofícios

Inaugurado em 14 de dezembro de 2005, é o primeiro empreendimento museológico brasileiro dedicado integralmente ao tema do trabalho, das artes e ofícios no país.

Foto 2 - Museu de Artes e OfíciosIMG_5291
Museu de Artes e Ofícios
Foto Yeda Saigh

Com 9.000 m² de área, o museu está instalado no conjunto histórico da antiga Estação Central da Estrada de Ferro Central do Brasil, na Praça Rui Barbosa, mais conhecida como Praça da Estação.

O visitante faz uma fascinante viagem no tempo. São mais de duas mil peças dos séculos XVIII ao XX, utilizadas nas mais variadas profissões, onde se pode entender toda a riqueza e a evolução do trabalho.

Foto 3 - Museu de Artes e Ofícios IMG_5293
Museu de Artes e Ofícios
Foto Yeda Saigh

A coleção que deu origem ao Museu de Artes e Ofícios (MAO) foi iniciada há cerca de 50 anos pelo engenheiro Flávio Gutierrez, pai de Angela Gutierrez, idealizadora do Museu e Presidente do Instituto Cultural Flávio Gutierrez. Ao longo dos anos, as peças reunidas passaram por um processo de restauração, conservação e pesquisa, investimento da própria colecionadora.

Fonte – Wikipedia

Foto 4 - Museu de Artes e Ofícios - cópia
Museu de Artes e Ofícios
Foto Yeda Saigh

A coleção constituída foi doada ao patrimônio público em 2005. É muito interessante, as exposições ficam dos dois lados dos trilhos do trem, único no gênero que conheci. Ainda hoje é uma estação de metrô e um ramal ferroviário.

 

Foto 5 - Museu de Artes e Ofício 4
Museu de Artes e Ofícios
Foto Yeda Saigh

Mercado Central

Animado mercado indoor com alimentos, artesanato e souvenirs, além de bares e restaurantes informais, dizem que é o maior do Brasil!

 Endereço: Av. Augusto de Lima, 744 – Centro

mercado-n49lwbaph629jncmgnon8lkwe3myz4ri9jvdnm9xos
Mercado Central de Belo Horizonte
Foto Internet

Conjunto Arquitetônico da Pampulha,

Em 2016 ganhou da ONU o título de Patrimônio Cultural da Humanidade, encomenda do então prefeito Juscelino Kubitschek.

Foto 7 -Mineirão_Pampulha_Panorama
 Panorama da Lagoa da Pampulha, com o Mineirinho em primeiro plano
Foto Internet

Um pouco da história

Juscelino (presidente do Brasil de 1956 a 1961) desejava desenvolver uma área ao norte da cidade de Belo Horizonte, chamada Pampulha. Encomendou então ao jovem e já reconhecido arquiteto Oscar Niemeyer o projeto de um conjunto de edifícios em torno da lagoa artificial da Pampulha: um cassino, uma igreja, uma casa de baile, um clube e um hotel. À exceção do hotel, o conjunto, se concretizou com a inauguração em 16 de maio de 1943, nas presenças do presidente Getúlio Vargas e do governador do estado de Minas Gerais, Benedito Valadares. O casino se tornou o Museu de Arte da Pampulha em 1957.

 Igreja de S Francisco

Considerada a obra-prima do conjunto, construída em 1944, que além do traçado de Oscar Niemeyer, tem paisagismo de Burle Marx, painéis externos e internos de Candido Portinari e ainda uma obra em bronze no interior de autoria de Alfredo Ceschiatti.

Foto 8- Igreja de S Francisco - PampulhaIMG_5346
Igreja de São Francisco
Foto Yeda Saigh

Curiosidade

As linhas curvas da igreja seduziram artistas e arquitetos, mas escandalizaram o acanhado ambiente cultural da cidade, de tal forma, que as autoridades eclesiásticas não permitiram, por muitos anos, a consagração da capela devido à sua forma inusitada e ao painel de Portinari onde se vê um cachorro representando um lobo junto à São Francisco de Assis, a igreja permaneceu durante catorze anos proibida ao culto. Aos olhos do arcebispo Dom Antônio dos Santos Cabral a igrejinha era apenas um galpão.

Foto 9 - Igreja de S Francisco Painel de Portinari
Interior Igreja de São Francisco – Painel Portinari
Foto Yeda Saigh

 

Foto 10 - Painel Portinari Igreja S Francisco
Igreja de São Francisco – Painéis Portinari
Foto Yeda Saigh

O Museu de Arte da Pampulha (MAP)

Foi o primeiro edifício do conjunto a ser construído. Em sua concepção, nota-se a influência de Le Corbusier, principalmente na fachada, em travertino e vidro. O casino funcionou até 30 de abril de 1946, quando o presidente Gaspar Dutra proibiu jogo em todo território nacional. Em 1957, passou a funcionar como Museu de Arte.

Foto Locaweb 1
Museu de Arte da Pampulha
Foto Yeda Saigh
Museu escultura.
Museu de Arte da Pampulha
Foto Yeda Saigh

O MAP possui um acervo de 1.600 obras, dentre elas, mostras da Arte Contemporânea brasileira, que enfocam variadas tendências artísticas. Um dos destaques do acervo são as obras de Guignard entre outros artistas famosos.

Fonte Wikipedia

 

Foto 12 - Museu Pampulha
Museu de Arte da Pampulha
Foto Yeda Saigh

 Casa de Baile

Inaugurada em 1943, acabou desativada em 1948 após o fechamento do casino em 1946. A casa do baile se localiza em uma ilhota artificial, acessada por uma ponte de onze metros. Destaca-se pelas formas da fachada e marquise sinuosa.

Foto Casa do Baile
Casa do Baile
Foto Yeda Saigh

Casa Kubitschek

Projetada na década de 40 para ser residência de fim de semana de Juscelino Kubitschek, possui características da arquitetura moderna. Os jardins e pomar são de Burle Marx. Funciona como espaço cultural e museu que abriga objetos da época.

Foto 14 - Casa_Kubitschek_01
Casa Kubitschek
Foto Internet 

Iate Tenis Clube

Construído em 1942, com o nome de Iate Golfe Clube, e tombado em 1994 pelo Iphan, a arquitetura do Iate Tênis Clube remete a um barco que se lança nas águas da Pampulha. Os jardins são de Roberto Burle Marx.

Foto 15 - iate_tenis_clube_jpg
Iate Tenis Clube
Foto Internet

 

Visitamos todo o complexo e gostamos muito!

 

Para terminar um pensamento de um grande escritor mineiro de São João Del Rey, Otto Lara Rezende (1922-1992):

O mineiro seria um cara que não dá passo em falso, é cauteloso. Em Minas Gerais não se diz cautela, se diz pré-cautela…

 

 

Boa viagem!

 

Colaboradora: Ana Saboia

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s